Militantes nacionalistas de direita atiram ovos em Jean Wyllys em Portugal: “Podia ter sido um tiro”

BR: O ex-deputado Jean Wyllys, que deixou o País alegando medo de ser vítima de um atentado, foi alvo ontem, em Portugal, de ovos lançados por militantes do Partido Nacional Renovador (PRP), durante palestra na Universidade de Coimbra sobre o quadro de homofobia no Brasil. Os agressores, que lançaram três ovos na direção do ex-deputado, sem atingi-lo, foram imobilizados por seguranças e expulsos do auditório.

“Eu gostaria de dizer para esses sujeitos, que no lugar de um ovo poderiam ter mandado um tiro, que nós estamos atentos e fortes”, respondeu Wyllys. A palestra sobre o quadro de homofobia no Brasil atraiu centenas de pessoas, extrapolando a lotação do auditório e deixando dezenas de pessoas do lado de fora do recinto. “As pessoas não se importaram com o insulto que Jair Bolsonaro fez à minha pessoa lá na Comissão de Direitos Humanos, porque a homofobia é social (no Brasil) e naturaliza a violência contra as pessoas LGBT”, disse Wyllys.