SÃO PAULO, SP, 24.10.2017: FÓRUM-SP - O juiz federal Sérgio Moro e o procurador federal e coordenador da Lava Jato no MPF, Deltan Dallagnol, no Fórum Mãos Limpas & Lava Jato, promovido pelo jornal Estado de São Paulo em São Paulo. (Foto: Jorge Araújo/Folhapress)

BR: A pesquisa XP/Ipespe teve um bloco de perguntas específicas sobre os vazamentos dos conteúdos das conversas entre o então juiz Sergio Moro e os procuradores da operação Lava-Jato. Os resultados mostraram um abalo na imagem da operação, que perdeu a aura da unanimidade.

Enquanto 43% consideraram que a operação não cometeu excessos no combate à corrupção, 33% apontaram exatamente o contrário, considerando também que algumas da decisões da Lava-Jato devem ser revistas.

Outros 15% avaliaram que a ação dos procuradores cometeu excessos, mas igualmente acreditam que o resultado valeu a pena. Do universo pesquisado, 9% afirmaram não ter opinião a respeito.

Por telefone, a pesquisa foi realizada entre os dia 3 e 4 de julho.