OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pegou mal, e Vélez recua de suspensão de testes de alfabetização em crianças de 7 anos

O Ministério da Educação decidiu ontem não avaliar, nos próximos dois anos, o nível de alfabetização das crianças brasileiras, contrariando o que havia sido anunciado em 26 de dezembro, no governo anterior. Mas a decisão foi alvo de críticas intensas, e ontem mesmo o MEC voltou atrás e anunciou que os testes estão mantidos.

Uma portaria publicada ontem no Diário Oficial da União excluiu as crianças de 7 anos das provas nacionais. Elas também não fariam os exames de matemática. A avaliação só seria retomada em 2021. Tudo isso, porém, passou a ser letra morta, diante da retomada dos testes nos moldes estabelecidos ainda na gestão de Michel Temer.

No mesmo dia da publicação da portaria, a secretária de Educação Básica, Tânia Almeida, pediu para deixar o cargo. Sua exoneração deve ser publicada hoje no Diário Oficial. Ainda não se saber se, com mais esse recuo na pasta do ministro Ricardo Vélez Rodriguez, a secretária voltará atrás em sua decisão.