Lula vai pedir progressão de pena já; quer regime semiaberto sem admitir culpa, informa Kennedy Alencar

BR: Ao colunista Kennedy Alencar, o ex-presidente Lula disse nesta sexta-feira 3, em entrevista, que vai pedir imediatamente para ser enquadrado em regime de progressão de pena. Ele foi convencido por juristas de que tem direito ao benefício da prisão semiaberta ou domiciliar.

O pedido deverá ser feito diretamente ao Supremo Tribunal Federal.

Lula adiantou que não irá admitir as culpas imputadas em suas condenações em três instâncias, por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá, mas que considera como seu direito a progressão.

O ex-presidente adiantou que teria reunião ainda hoje com seus advogados para transmitir a nova orientação à defesa. Até aqui, Lula se recusava a admitir a obtenção de qualquer benefício judicial, com receio de uma atitude desse tipo ser vista como admissão de culpa.

Pelo Twitter, kennedy, que já foi assessor de imprensa de Lula, informou:

“Entrevistei Luja hj. Ele disse que pretende pedir progressão de regime para deixar prisão fechada. Falou que teria reunião hoje com seus advogados para solicitar benefício que tem por direito deixando claro que não desistirá de provar inocência e q atitude não é admissão de culpa”.