Vera Magalhães: CPMF turbinada pode ser 1º estelionato eleitoral de Bolsonaro

BR: Em sua coluna no portal BR18, a jornalista Vera Magalhães associou a proposta apresentada pelo secretário da Receita, Marcos Cintra, de criar uma super CPMF, às negativas do então candidato Jair Bolsonaro sobre recriar o imposto sobre transações financeiras. Cheio de estelionato eleitoral no ar.

Acompanhe:

Se levar adiante sua pretensão, declarada em entrevista ao Estadão, de criar um imposto que incida sobre qualquer movimentação financeira, inclusive transações em espécie, Marcos Cintra estará levando Jair Bolsonaro a cometer o primeiro estelionato eleitoral desde que assumiu.

Sim, porque pode-se questionar de várias das medidas anunciadas pelo governo, mas não se pode dizer que elas não tenham sido esboçadas ou defendidas na campanha.

Quanto à volta da CPMF ou similar, essa foi desmentida cabal e textualmente pelo então candidato, quando foi defendida por Paulo Guedes em encontro com empresários a partir de sugestão do mesmo Cintra. Foi um dos principais ruídos da campanha eleitoral e gerou desgaste a Bolsonaro nos poucos debates dos quais participou. O que farão o presidente e o ministro Paulo Guedes agora? Além de tumultuar a discussão da reforma da Previdência, o secretário da Receita coloca o presidente em maus lençóis bem no dia em que ele anuncia um pacote para mostrar iniciativa após 100 dias de governo.  cia, o s