Vídeo viral de Bolsonaro em defesa de reforma suave, idades mínimas de 57 e 52 anos e carteira assinada: “Crime que Temer está fazendo”; assista

BR: As pessoas mudam. Para mostrar como, em especial, o deputado Jair Bolsonaro era diferente do presidente Jair Bolsonaro em relação à reforma da Previdência, a oposição não partidária resgatou um vídeo em que o primeiro defende uma mudança “devagar” no sistema de aposentadorias, idades mínimas de 57 anos para homens e 52 anos para mulheres (ao contrário da proposta formal do governo  de 65 e 62 anos, respectivamente) e considera “um crime que o governo Temer está fazendo” o fim, na prática, dos direitos trabalhistas assegurados em carteira. Bombou.

Assista: