Frota ganha elogios de Guedes, Maia e ‘cala boca’ de Bolsonaro; ex-ator pornô ganha status de articulador

BR: O deputado Alexandre Frota, do PSL de São Paulo, tem o que saborear neste final de semana. Ele foi objeto de um perfil feito pela revista Época no qual sobressaem elogios especialmente enviados pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Numa revelação sobre seu relacionamento com o presidente Jair Bolsonaro, Frota contou que o presidente já o mandou calar a boca. O parlamentar vai sendo visto como um dos principais articuladores do governo no Congresso. “Uma surpresa”, como disse Maia.

Sob o título ‘É Frota!’, a revista dedicou seis páginas editoriais (30 a 36) para mostrar como o ex-ator pornô virou um dos principais articuladores e críticos do governo Bolsonaro. O deputado Alexandre Frota (PSL-SP) é sobrinho-neto do general Sylvio Frota, que representava a linha dura durante o governo Ernesto Geisel. Ele conta que planejou durante quatro anos se eleger deputado federal por São Paulo, ganhando visibilidade a partir de 2013, nos protestos contra a presidente Dilma Rousseff.

Pregando sua imagem à do candidato Bolsonaro na eleição presidencial, Frota teve 155 mil votos para deputado federal, sendo votado em 639 dos 645 municípios paulistas. Após ter ficado amigo dos filhos do presidente, hoje considera o deputado Eduardo Bolsonaro “mimadinho” e não segue Carlos Bolsonaro no Twitter. Ele dedica grande ojeriza ao ideólogo Olavo de Carvalho e tem uma relação conturbada com diversos ministros do governo. Ele chama o chanceler Ernesto Araújo, por exemplo, de “outro erro grosseiro: uma fraude”.

Já quanto ao ministro Paulo Guedes, Frota o acompanhou em todos os momentos de sua audiência na Comissão Especial da Previdência, em 8 de maio. Ao levá-lo até o carro, na saída, ouviu de Guedes: “Eu não venho mais aqui sem você”. Desde que assumiu o posto de coordenador da Comissão Especial, Frota viu sua relação com Guedes se intensificar. À Época, Guedes mandou um áudio com elogios ao parlamentar. “Frota tem sido muito construtivo no apoio às reformas econômicas que estamos encaminhando à Câmara”, disse o ministro. Um comunicado do Ministério da Economia teve um trecho e o título mudados por sugestão do deputado. “Regime de Poupança Garantida foi um título dado por ele”, afirmou Guedes.

Frota tem relação estreita com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e coleciona outros áudios de personagens políticos com elogios a ele. “O Alexandre é uma surpresa para mim. Ninguém imaginava, mas ele tem sido o principal articulador do PSL e um dos principais articuladores do governo dentro do plenário”, disse Maia.

Com Bolsonaro, Frota tem uma relação de “amor e ódio”. O deputado diz que pode sair do PSL na próxima janela partidária. No Planalto, ouviu o presidente mandar-lhe calar a boca, mas retrucou: “Aprendi com você que a gente não pode ficar calado”. Segundo contou, Bolsonaro não disse mais nada. Afirmando que o presidente “não se preocupa comigo, só com ele e com os filhos dele”, Frota aceitou posar para uma foto com a cópia de um fuzil AR-15 na mão. “Eu não tenho medo de falar. Sou um franco-atirador”, concluiu.