“Chega dos meninos do Bolsonaro, não dá mais”, desabafa líder da bancada ruralista após 01 dizer ao Hamas ‘que se EXPLODA!’

BR: Não é pequeno o estrago que o tuíte postado ontem pelo senador Flávio Bolsonaro pode fazer às vendas do agronegócio brasileiro aos países árabes. A dimensão do risco foi demonstrada pelo deputado Alceu Moreira (MDB-RS), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, a chamada bancada ruralista, num desabafo contra a ‘molecagem’ do filho 01 do presidente Jair Bolsonaro. Moreira sabe que a organização palestina Hamas, à qual Flavio desejou um ‘que se EXPLODA!’, é sustentada financeiramente por diferentes países árabes, que, por sua vez, fazem compras bilionárias do agronegócio nacional.

Acompanhe:

O comentário do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) sobre o Hamas irritou o Congresso. “Chega dos meninos do Bolsonaro, não dá mais”, disse o deputado Alceu Moreira (MDB-RS), presidente da FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária) ao sair da Câmara nesta 3ª feira (2.abr.2019).

Alceu Moreira deixava o plenário da Câmara falando alto “acabou a paciência”. As críticas foram feitas para os líderes do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), e do Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP).

A deputada disse que não tinha acessado as redes sociais e não sabia a que se referia o emedebista. “Não viu o Flávio falando do Hamas?”, perguntou.

Flávio publicou em seu Twitter uma notícia sobre a crítica do Hamas à ida de Jair Bolsonaro a Israel. Sobre o fato, o filho do presidente comentou “quero que vocês se EXPLODAM”. Com a repercussão negativa, Flávio apagou a postagem.