Até Rodrigo Constantino critica Bolsonaro: “Boçal de direita que acha legal zombar de alguém que perdeu o pai quando tinha dois anos”

BR: O colunista Rodrigo Constantino, da Jovem Pan e de O Globo, assumidamente de direita, também criticou duramente o presidente Jair Bolsonaro por sua provocação ao presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, sobre a morte do pai dele, Fernando Santa Cruz, durante o regime militar. No entanto, não citou o nome de Bolsonaro.

Pelo Twitter, Constantino manifestou:

“Decência não tem ideologia. Mil vezes um social-democrata civilizado do que um boçal de ‘direita’ que acha legal zombar de alguém que perdeu o pai quando tinha dois anos sem conhecer seu paradeiro só porque se trata de um adversário político. Cruzar essa fronteira é o fim!”, registrou o também conhecido como ‘Menino Maluquinho’.