“O sr., um presidente da República, na plenitude de suas faculdades mentais, publicaria um vídeo desses?”. É Janaína Paschoal atacando Bolsonaro por filme de Pastor Kunda; assista

BR: Com um pé fora. E querendo botar o outro também. Assim está a deputada estadual Janaina Paschoal, estrela do PSL pelo papel cumprido no impeachment de Dilma Rousseff e seus 2,5 milhões de votos em São Paulo. Hoje, ela deixou o grupo de WhatsApp dos parlamentares do partido na Assembleia Legislativa de São Paulo e está ameaçando deixar a própria bancada.

A deputada estadual, recordista de votos no país, questionou o “vídeo maluco de Messias” – do pastor Steve Kunda, recentemente divulgado por Jair Bolsonaro.

Assista:

Em áudio, ela ainda questionou a sanidade do presidente: “Eu peço que vocês assistam e respondam: ‘O senhor, um presidente da República, na plenitude de suas faculdades mentais, publicaria um vídeo desse?’”

Em seguida, Janaina escreveu:

“Amigos, vocês estão sendo cegos. Estou saindo do grupo, vou ver como faço para sair da bancada. Acho que os ajudei na eleição, mas preciso pensar no país. Isso tudo é responsabilidade”.

Ouvida pela rádio Jovem Pan, a professora de direito na USP confirmou as mensagens, mas negou que esteja rompendo com Bolsonaro. “Eu não estou abandonado o presidente de maneira nenhuma. Eu estou tentando salvar um governo no qual eu votei e trabalhei muito para eleger, mas para governar nas regras do Estado Democrático de Direito. Não consigo ver lógica em um governo convocar manifestações.”