‘Bobinho’ ou espertinho? Deltan faturou R$ 33 mil com palestra para empresa delatada na Lava-Jato: “Olha que legal”, comemorou

O procurador federal Deltan Dallagnol recebeu R$ 33 mil por uma palestra feita em uma empresa delatada na Lava Jato. A informação é do site Intercept, em parceria com a Folha.

A Neoway, empresa do setor de tecnologia, foi mencionada em uma conversa dos procuradores da operação em março de 2016, dois anos antes da palestra.

De acordo com a reportagem, após a palestra, em março de 2018, Deltan fez a aproximação entre integrantes da Procuradoria e da Neoway “com o objetivo de viabilizar o uso de produtos dela em um trabalho da força-tarefa, da qual é coordenador em Curitiba”.

“Olhem que legal. Sexta vou dar palestra para a Neoway, do Jaime de Paula. Vejam a história dele. A Neoway é empresa de soluções de big data que atende 500 grandes empresas, incluindo grandes bancos etc”, disse Deltan ao procurador Júlio Noronha à época. Leia aqui a íntegra da reportagem.