Dallagnol sai da sombra e ataca projeto de abuso de autoridade, que disciplina atuação de procuradores

BR: O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da operação Lava-Jato, se pronunciou ontem pelo Twitter após ausência observada desde os primeiros vazamentos de seus diálogos com o então juiz Sergio Moro. E já partiu para a ofensiva. Em seu texto, ele apontou “pegadinhas” no projeto de lei de abuso de autoridade, que será votado hoje no Senado, e pediu o apoio de senadores ao trabalho de “combate à corrupção”. Desde que seja, do ponto de vista dele, com carta branca para os procuradores.

“Hoje o Senado vota o projeto de abuso de autoridade com pegadinhas que colocam em risco o combate à corrupção. A luta contra a corrupção precisa do apoio dos senadores e dos brasileiros”, escreveu Dallagnol, também de olho nas manifestações pró-Moro marcadas para este domingo 30. 4c5265616