No lado brasileiro da fronteira, venezuelanos atacam exército de seu país, que responde

Militares da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) e imigrantes venezuelanos que estão em território brasileiro voltaram a entrar em confronto no início da tarde deste domingo 24, na fronteira entre os dois países, em Pacaraima (RR).

Os guardas avançaram sobre os manifestantes com veículos blindados, lançando bombas de gás de lacrimogêneo e atirando com balas de borracha. Os manifestantes atiraram pedras e devolveram as bombas de gás que conseguem pegar no chão antes de estourarem. Após os confrontos, iniciados às 12h50, a força-tarefa do comando do Exército que está no local decidiu montar um cordão de isolamento do lado brasileiro da fronteira, formado por integrantes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Guarda Nacional. Não há relatos sobre mortes ou feridos graves. 010000000