Autoridade de Bolsonaro se “destrói” em exoneração pilotada por Carlos, dispara J.R. Guzzo

BR: Um dos colunistas de maior influência nas redes sociais do campo bolsonarista, o ex-diretor de redação da revista Veja José Roberto Guzzo apontou, em posts nesta segunda-feira 18 em suas redes sociais, a destruição da autoridade do presidente Jair Bolsonaro em razão da crise aberta pela exoneração anunciada do ministro Gustavo Bebbiano.

Com fontes nos meios militares, Guzzo atribuiu o grande desgaste verificado sobre Bolsonaro a Carlos Bolsonaro, o primeiro a dinamitar Bebbiano, no que foi seguido pelo pai.

“Esse Bebbiano pode ser o pior sujeito do mundo. A mídia pode estar metida em mais uma armação para sabotar o governo. Os inimigos sonham com o ‘impeachment’. Tanto faz. Um ministro de Estado não pode ser demitido pelo filho do presidente. Isso destrói a sua autoridade”, escreveu Guzzo.