Entrada humilhante de Lula em Tremembé 2 seria associada por Lava-Jato a diálogo de bandido do PCC dizendo ter “diálogo cabuloso com o PT”, denuncia Reinaldo Azedo

BR: O colunista Reinaldo Azevedo disparou, neste sábado 10, tuíte que estabelece uma sinistra conexão entre o plano da Lava-Jato de transferir o ex-presidente Lula de Curitiba para o presídio de Tremembé, no interior de São Paulo, e a divulgação, pela Polícia Federal, de diálogos entre integrantes dos PCC, no qual o bandido chamado de Véio afirma que a organização criminosa tinha “uma diálogo cabuloso com o PT”. A ideia era desmoralizar Lula.

Acompanhe:

“No roteiro da Armação Ilimitada, Lula iria para um presídio na quinta, e, na sexta, viria a público a conversa ligando PT-PCC, sem evidência, sem indícios, sem nada. E com o bandido ainda dizendo que agora a coisa mudou porque, afinal, existe Sergio Moro. Roteiro amador”, escreve Azevedo.

Velhos métodos nos novos tempos…