Além de verbas 659% maiores à Record, Bolsonaro dá passaporte diplomático a Macedo e esposa

BR: Não bastasse o aumento de 659% nas verbas de publicidade da Secom à TV Record, o presidente Jair Bolsonaro fez ainda mais pelo bispo Edir Macedo, fundador da igreja. Nesta segunda-feira 15, o Diário Oficial da União publica a concessão de passaporte diplomático para Macedo e sua esposa, Ester Eunice Rangel Bezerra. O documento é válido por três anos e foi concedido pelo Ministério das Relações Exteriores.

A justificativa para a distinção a Macedo, que na prática faz dele um diplomata brasileiro, é a de ajudá-lo a “desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior”.

Com o passaporte diplomático, evita-se filas nas imigrações dos maiores aeroportos do mundo, além de obtenção de tratamento diferenciado na chegada a outros países.

Durante a campanha eleitoral, a Igreja Universal do Reino de Deus deu apoio a Bolsonaro, determinando a seus fiéis o voto no candidato do PSL. As retribuições, como se vê, estão sendo generosas. ffffffff