Trump carimba Biden logo à entrada de democrata na corrida presidencial de 2020: “Bem-vindo à disputa, Joe Dorminhoco!”

BR: Não para dizer que o presidente Donald Trump não esteja com seus reflexos políticos apurdos. Apenas três horas depois de o ex-vice-presidente Joe Biden anunciar sua entrada na corrida das eleições primárias no Partido Democrata, com vistas a concorrer às presidenciais de 2020, Trump levantou um ponto fraco do perfil do ex-companheiro de governo de Barack Obama: o fato de ter sido flagrado num cochilo durante um discurso presidencial, em abril de 2011, no Congresso, sobre a situação da economia.

“Bem-vindo à disputa, Joe Dorminhoco!”, escreveu Trump. “Eu só espero que você tenha inteligência – uma dúvida antiga – para empreender uma campanha primária com sucesso.” Biden nunca admitiu que estivesse dormindo durante o discurso de Obama, dizendo que estava, isso sim, concentrado. De todo modo, a imagem captada pela rede ABC de televisão, que levou ao ar alguns segundos do então vice-presidente com os olhos fechados enquanto o presidente falava, foi o suficiente para lhe criar constrangimentos, como se vê, até hoje.