TCU determina suspensão de publicidade do pacote anticrime; Bolsonaro e Moro perdem; ‘indícios de uso irregular de recursos públicos’

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo acaba de determinar que o governo federal suspenda imediatamente a propaganda do pacote anticrime até que o plenário se posicione sobre o mérito da representação apresentada por deputados da oposição.

Em uma decisão de nove páginas, o ministro considerou haver indícios de utilização irregular de recursos públicos na campanha publicitária.