Ministro de direita faz plágio de comunista: campanha ‘Hino Sim’, tocada por Vélez na Educação, copia imagem de mexicano… comunista

BR: O ministro Ricardo Vélez, cuja indicação para a pasta da Educação é reclamada pelo polemista Olavo de Carvalho, que acaba de romper com o governo Bolsonaro, se meteu em mais uma sinuca de bico. Para promover a campanha ‘Hino Sim’, que incentiva o canto do Hino Nacional das escolas públicas, a equipe de Vélez plagiou, em cada detalhe, uma obra do artista mexicano declaradamente comunista Jesús Helequera, de 1942.

A pintura é um dos símbolos da pátria mexicana, com uma mulher, simbolizando o país, levando uma criança, representando o seu povo, pela mão. Ao fundo, na versão original, a bandeira do México. Aqui, a única mudança foi a da bandeira, trocando a pintada por Helequera por uma do Brasil. O caso repercute não apenas no Brasil, mas também no México, somando mais um vexame internacional, na mesma semana, para o nosso país.

É de se lembrar que o vídeo obsceno veiculado pelo presidente Jair Bolsonaro no Twitter, na segunda-feira de carnaval, correu mundo e bateu forte na mídia internacional.