“Ameaça a um é ameaça a todos”, lembra Miriam Leitão sobre Bolsonaro dizer que Greenwald deve “pegar uma cana no Brasil”

BR: A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e a Abraji (Associação Brasileira dos Jornalistas Investigativos) emitiram notas de solidariedade ao titular do Intercept Brasil, jornalista Gleen Greewald. Ele foi citado, ontem, pelo presidente Jair Bolsonaro como sendo passível de “pegar uma cana no Brasil”, em razão da divulgação dos conteúdos vazados de diálogos entre o ex-juiz e atual ministro Sergio Moro, o coordenador da força-tarefa da Lava-Jato, Deltan Dallagnol, e procuradores de Curitiba.

Pelo Twitter, ao cita as manifestações das entidades de profissionais de imprensa, a jornalista Miriam Leitão lembrou que a ameaça feita por Bolsonaro não é apenas a Greenwald.

Acompanhe:

“A @Abraji e a ABI repudiaram a ameaça de prisão feita pelo presidente ao jornalista @ggreenwald. É a categoria dizendo que a ameaça a um é a ameaça a todos”, cravou, certeira, Miriam Leitão.